Conferência universitária Big 12 decide seguir com a temporada 2020 conforme planejado
Os 10 times da conferência jogarão entre si, com a previsão de que cada um jogue uma partida fora da conferência
12/08/2020 13h28 - por Marcelisco
Indo na contramão das conferências PAC-12 e Big Ten, a conferência Big 12 decidiu que vai jogar a temporada 2020 no outono do hemisfério norte de 2020, conforme planejado. O conselho de administração da conferência se reuniu ontem para decidir como seguir adiante e, hoje, o chanceler da Texas Christian University e presidente do conselho, Victor Boschini, anunciou a decisão, confiante de que as universidades envolvidas têm capacidade de seguir protocolos mínimos de proteção aos atletas.

É bom para entendermos os mecanismos do esporte universitário nos EUA, já que a Big 12 não está decidindo jogar porque vai seguir melhores protocolos. Pelo menos não há qualquer garantia de que isso vai ser feito.

Enquanto PAC-12 e Big Ten desistiram da temporada para não ter que garantir condições ideais aos atletas ou se responsabilizar pelo que vier a acontecer com eles, a Big 12 é só uma conferência que representa estados como Texas e Oklahoma, onde o futebol americano universitário tem um papel essencial no zeitgeist da população. Isso, é claro, para não falar na questão financeira, sempre prioridade e primordial para a realização de prática esportiva em meio à uma pandemia como a atual.

A mesma lógica deve se aplicar à SEC, localizada no sul, também recheada de estados onde o futebol americano universitário é parte central da cultura local e onde o pensamento conservador se faz em casa.




Obrigado por comentar!
Erro!