Alguns jogadores importantes já optaram por não jogar a temporada universitária de 2020
Enquanto a NCAA se prova completamente despreparada para lidar tanto com a pandemia quanto com a recente organização dos jogadores, alguns nomes de peso já vão deixando a temporada 2020 para trás
10/08/2020 12h23 - por Marcelisco
A situação é a seguinte: estamos no meio de uma pandemia, os EUA já passaram tem um tempo de 150.000 mortes e a NCAA queria que a temporada de futebol americano voltasse, mesmo sem estabelecer protocolos suficientes (ou uniformizados entre todas as universidades) de proteção aos jogadores. ao contrário do que a NCAA e as universidades pensavam, acontece que os atletas são humanos com preocupações e medos e o descaso daqueles que governam o esporte universitário com a questão da pandemia pode ter sido a gota d'água que fez os jogadores se unirem por mais direitos.

Enquanto isso, jogadores universitários no país todo já anunciam que não vão jogar em 2020.

Os três nomes que mais chamam atenção nessa lista são do linebacker Micah Parsons, de Penn State, avaliado por alguns como um prospecto superior à Jordyn Brooks, Patrick Queen e Kenneth Murray (todos escolhas de primeira rodada do Draft de 2020), do cornerback Caleb Farley, da Virginia Tech e do wide receiver Rashod Bateman, de Minnesota. Outro nome que já anunciou que não joga esse ano é Gregory Rousseau, jogador de linha defensiva da universidade de Miami projetado como principal pass rusher do Draft de 2021.

Em meio à indecisão de ter ou não temporada e do que vai ser feito para proteger os atletas caso seja decidido que a temporada vai rolar, é natural que alguns nomes tenham em mente seu bem estar e de sua família, além da proteção de seu status como futuro jogador profissional.




Obrigado por comentar!
Erro!